Nota sobre eventual coloração esbranquiçada da água


por ADMINISTRADOR, 20/02/2019-13:18:59


A Autarquia Água de Ivoti informa que, em alguns casos, a população pode perceber uma eventual coloração esbranquiçada ao utilizar a água de torneiras abastecidas diretamente pela rede pública.

Quando isso acontece, não há motivo para preocupação. Não é excesso de produto químico. O cloro usado no processo de tratamento, por exemplo, é incolor.

Uma eventual coloração esbranquiçada decorre de um processo físico e não afeta a qualidade da água. Pode-se obter o mesmo efeito batendo água no liquidificador, quando se formam pequenas bolhinhas de ar.

Se a água "descansar" por alguns instantes, é possível observar, em um copo transparente, que ela logo se torna cristalina devido ao desprendimento das microbolhas de ar.

As microbolhas se formam em consequência da variação de pressão e liberação de ar dissolvido na água - e não por causa de produtos químicos como o cloro, como muitos pensam.

Ao abrir a torneira, a pressão torna-se menor do que a do encanamento, e então o ar é liberado. Estas situações são comuns quando o abastecimento de água é interrompido para manutenções ou quando a rede está com maior pressão.

Resíduos minerais em chaleiras e chuveiros - Quanto à presença de resíduos minerais em chaleiras e orifícios de chuveiros, a Autarquia esclarece que ela não decorre da adição de produtos químicos à água, mas sim da sua própria composição mineralógica.

A água de abastecimento público do Município de Ivoti é de fonte subterrânea, produzida por 26 poços em operação atualmente, e possui características residuais de sua formação geológica de origem, sendo diferente em cada fonte de captação.

São realizadas, de forma sistemática, análises físico-químicas completas de todos os poços, acompanhadas do controle diário da concentração de cloro residual em todos eles.

Todos os parâmetros estabelecidos pelo Ministério da Saúde, inclusive acerca desses minerais, são atendidos na íntegra.